O erro no contexto escolar através da visão construtivista: uma nova possibilidade

O erro no contexto escolar através da visão construtivista: uma nova possibilidade

por educação 0 comentários

Tendo em mente a visão de Piaget, é possível refletir a respeito do papel do erro nas nossas vidas e principalmente como se dá a negociação com esse fator imponderável dentro das escolas, mais especificamente na prática docente.

O primeiro pensamento deverá ser o da necessidade imperativa de se tomar outra posição com relação ao erro, que não a punitiva, mas sim a de modo a utilizá-lo como ferramenta de apoio para a evolução do educando.

Nesse contexto, podemos dividir essa questão em duas visões: a formal (adulto) e a natural (criança).

No nível da visão formal (a do adulto), o errado contrapõe-se ao certo, ou seja, a verdade dominada pelo adulto. Nesse nível é importante frisar a importância do compromisso que o professor tem em ensinar o que é certo, porém este tem que saber lidar com o erro dos seus alunos, que estão caminhando em direção a esse conhecimento. Outro ponto importante é a questão da avaliação, na qual apenas observa-se o final e não o processo.

O compromisso educacional do professor tem três exigências: o comprometimento com a área; que “tenha em conta as características psicológicas da criança, seu nível de desenvolvimento, suas dificuldades emocionais, sua leia mais

Uma nova visão da pedagogia e da compreensão psicológica sob a luz de Piaget

por educação 0 comentários

Educar é adaptar o indivíduo ao meio social ambiente, sendo que existem duas visões conflitantes a respeito de como isso deve ser feito. Se por um lado a escola tradicional impõe ao seu aluno sua tarefa, a moderna apela para atividade real, para o trabalho espontâneo e no interesse pessoal. Enquanto a pedagogia tradicional atribuía à criança uma estrutura mental idêntica à do adulto, mas um funcionamento diferente enquanto que os novos métodos de educação se esforçam para apresentar às crianças de diferentes idades as matérias de ensino sob formas assimiláveis á sua estrutura e aos diferentes estágios de seu desenvolvimento.

Uma questão de Piaget é definir o que é infância, sendo que ele sintetiza como sendo uma etapa biologicamente útil, cujo significado é o de uma adaptação progressiva ao meio físico e social. Essa adaptação é um equilíbrio entro dois mecanismos indissociáveis: a assimilação e a acomodação, então no caso do organismo ele é adaptado quando pode ao mesmo tempo conservar sua estrutura assimilando a ela os alimentos tirados do exterior e acomodar essa estrutura às diversas particularidades desse meio. Piaget nos trás que a característica da infância é encontrar esse equilíbrio através de uma série de exercícios ou de leia mais
Top