Hatun

Hatun

por gestão 0 comentários Hatun, significa em árabe a “grande dama”, e é o nome dado à primeira esposa de um sultão que, naturalmente, possuía todas as regalias e poderes inerentes à sua posição, além de todo zelo que ela é tratada. Todo negócio também a sua grande dama, que é o seu nicho de marcado mais importante, aquele que sustenta as outras incursões no mercado da empresa, porém muitas vezes não é dada a devida importância a ele, ou pior, nem sabe da sua existência. Muitas vezes chamada de Santuário de Lucros, essa fatia da clientela que é fiel consumidora, que tem um vínculo afetivo com a marca, que corresponde financeiramente com os interesses do núcleo do negócio de uma empresa deve ser tratada com todo cuidado e atenção em todos os níveis de uma estrutura empresarial. Além disso, ela deve ficar atenta aos movimentos da concorrência em eventuais avanços em seu Santuário. O empresário deve estar sempre atento aos fatores internos e externos que podem de alguma maneira interferir nesse grupo de consumidores e agir rapidamente quando existe alguma ameaça ou oportunidade. Identificar esse nicho, protege-lo e amplia-lo é o desafio de todo gestor pois tratar bem a sua dama é fundamental, ela merece leia mais

O poder do just in time

por gestão 0 comentários Você, meu internético leitor, já deve ter ouvido falar da expressão just in time, criada para descrever linhas de produção na qual nada deve ser comprado, produzido ou transportado antes do momento ideal, ou seja, por exemplo, a matéria-prima chega na fábrica apenas no momento que vai ser de fato utilizada. Essa técnica de logística, utilizado por exemplo pela Toyota, serve para reduzir custos, trazendo inteligência à cadeia produtiva. Com o passar do tempo essa expressão foi derivando-se até ser utilizada pelo grande público atualmente para se referir a um processo que acontece com alta velocidade no momento que foi nascida a demanda. Assim, ouvimos várias vezes: “Vamos fazer a ação X just in time, rapidamente!” (inclusive muitas vezes sendo confundida com a expressão on demand, que representa a realização de uma tarefa sob demanda, ou seja, apenas quando solicitada pelo cliente ou usuário). De qualquer maneira, vamos conversar sobre a importância de fazermos as atividades com presteza e divulgá-las para os corretos destinatários rapidamente, mantendo a sua integridade. Em um mundo no qual as informações voam a uma velocidade impressionante, uma empresa deve se preocupar em manter contato com seus clientes, fornecedores e colaboradores na mesma medida de difusão. Para que leia mais

Novos parâmetros

por gestão 0 comentários Recentemente estava este cibernético colunista visitando alguns sites aleatoriamente escolhidos através do Google. Nessa navegação despretensiosa, coloquei uma palavra-chave qualquer e o que encontrei foi uma vastidão de sites com recursos, navegabilidades e aspectos defasados frente aos avanços tecnológicos que temos acesso atualmente. E o que pude notar é que alguns desses sites não estavam abandonados em algum canto obscuro da Internet, mas sim, recebendo atualizações de conteúdo e eventualmente com algum gadget na tentativa de trazer ares de modernidade ao que estava ultrapassado. Ou seja, em alguns casos, existe a preocupação em lançar material da empresa no ar, mas não observamos o mesmo cuidado com a embalagem utilizada. Sites pesados com visual antigo, parafernálias funcionais, layouts confusos e erros de português em profusão em um universo cada vez mais povoado e, portanto, concorrido, deixa para trás empresas antigas em termos de tecnologia web. Fiquei pensando sobre o porquê de haver tamanha subutilização dessa imensa vitrine para os produtos e serviços oferecidos por diversas empresas, sendo que em muitos casos, sites antigos e com erros denigrem os estabelecimentos, pois demonstra pouco cuidado com a apresentação de seus produtos e serviços, levando ao cliente supor que o mundo real encontra-se em consonância leia mais
Top